Planejamento de ambientes em SQL Server – MCM Pre-reading list

Pessoal,

Continuando a serie de posts, vamos colocar aqui quais os passos a serem tomados no momento de um projeto em SQL Server. Nos demais dias irei postando mais detalhes desse primeiro escopo.

Planejamento de ambientes em SQL Server 2008

Quais são os passos a serem avaliados?

  1. Quais aplicações estão no escopo do projeto?
    1. Os resultados desse passo irão determinar quais serão as roles do SQL Server necessárias.
  1. Determinar quais roles do SQL Server serão necessárias.
    1. Tarefa 1: Database Engine é necessário?
    2. Tarefa 2: Integration Services é necessário?
    3. Tarefa 3: Analisys Services é necessário?
    4. Tarefa 4: Reporting Services é necessário?
    5. Tarefa5: Master Data Services é necessário?
  1. Desenhar a infraestrutura necessária para a Database Engine.
    1. Tarefa 1: Determinar capacidade e desempenho.
      1. Storage necessita ser calculada para as bases de dados, transaction logs, índices e tempdb.
      2. Após estimar o tamanho da base de dados (formula fornecida no documento), adicione mais 5% por base de dados para overhead.
    1. Tarefa 2: Determinar se colocar a base de dados em uma instancia já existente
    2. Tarefa 3: Determinar se colocar a instancia em um servidor rodando SQL Server ou em um novo servidor.
    3. Tarefa 4: Determinar o numero de servidores depois de endereçar as necessidades de escalonamento e tolerância a falhas.
    4. Tarefa 5: Determinar a localização de cada nova instancia
    5. Tarefa 6: Determinar o hardware para o servidor.
  1. Desenhar a infraestrutura do SQL Server Integration Services
    1. Tarefa 1: Determinar os requerimentos.
    2. Tarefa 2: Determinar onde os pacotes do Integration Services serão armazenados.
    1. Tarefa 3: Determinar o numero de servidores para o SSIS.
    1. Tarefa 4: Determinar a localização.
  1. Desenhar a infraestrutura do SQL Server Analysis Services
    1. Tarefa 1: Determinar os requerimentos.
      1. SSAS utiliza bases de dados OLAP, ou cubos, armazenados no sistema de arquivos.
      2. Processamento da base de dados OLAP realiza muita leitura/escrita.
      3. Grupo de produto recomenda 4 – 8 GB de memoria por core de processador.
    1. Tarefa 2: Determinar a versão do SQL Server.
    2. Tarefa 3: Determinar se as bases de dados serão escaláveis e compartilhadas.
    3. Tarefa 4: Determinar os requisitos para escalonamento
    4. Tarefa 5: Determinar se será em cluster
    5. Tarefa 6: Determinar a localização.
  1. Desenhar a infraestrutura do Reporting Services.
    1. Tarefa 1: Determinar os requerimentos
      1. Discos de storage para as bases do SSRS
      1. Memoria: 2 – 4 GB por core.
    1. Tarefa 2: Determinar a localização das bases de dados do Reporting Services.
      1. As bases de dados podem ser colocadas ou no servidor de Reporting Services ou em servidor remoto.
    1. Determinar a abordagem de tolerância a falha e escalonamento.
      1. Load Balance tanto para escalonamento quanto tolerância a falha.
      1. Cluster para as bases de dados
  1. Desenhar a infraestrutura para o SQL Server Master Data Services.
    1. Tarefa 1: Determinar os recursos.
    1. Tarefa 2: Determinar a abordagem para tolerância a falha e escalonamento.
    1. Tarefa 3: Determinar a localização das bases de dados do Master Data Services.
    1. Tarefa 4: Determinar a localização do Web server do Master Data Services.

Sobre Marcos Freccia

MVP em SQL Server (Data Plataform) , especialista em SQL Server, e atualmente trabalhando com Microsoft Azure!

Publicado em janeiro 3, 2012, em MCM, VirtualPass e marcado como , , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: